::INTRODUÇÃO::

Uma das melhores formas de otimizar uma campanha de Google AdWords é identificar e eliminar as palavras chave duplicadas.

As KeyWords duplicadas agem como se fossem uma poluição na conta, o que dificulta qualquer otimização, seja manual ou automática. Com isso, geram uma queda de performance, seguido de um aumento no custo por conversão (CPA) e um redução nas conversões totais.

Resumidamente, isso ocorre porque duas ou mais palavras chave duplicadas são ativadas para buscas iguais. Entre elas, algumas têm uma performance melhor ou pior, dependendo de vários fatores. Por isso, é importante identificar as palavras-chave duplicadas com menor performance e pausa-las, mantendo a com melhor resultado ativa.

Certo? Vamos nos aprofundar em exemplos de palavras-chave duplicadas, como identificá-las e como otimizar?

Ah! É importante entender o funcionamento dos tipos de correspondência de palavras chave, para compreender esse artigo.

::EXEMPLOS DE PALAVRAS CHAVE DUPLICADAS::

Vamos analisar 4 exemplos para ver se são ou não duplicadas:

Exemplo 1:

“Carrinho de Bebê”
“carrinho de bebê”

Para aquecer, nesse Exemplo 1 o texto da palavra chave e o tipo de correspondência é o mesmo para as duas variações. Então, caso estejam na mesma campanha ou em campanha diferentes, mas com a mesma segmentação de público (como geográfico), elas estarão competindo entre si, ou seja, estão duplicadas.

É importante destacar que casos como esse, apesar de comuns, podem ser facilmente identificados com a ferramenta de palavras chave duplicadas do AdWords Editor.

Exemplo 2:

[carrinho de bebê] “carrinho de bebê”
+carrinho +de +bebê

Esse Exemplo 2, apesar de parecidas, não é um problema de palavra chave duplicada. Mesmo elas tendo o texto iguais, como o tipo de correspondência é diferente, elas vão ser ativadas para buscas diferentes.

Nesse caso, é importante verificar se elas estão em um mesmo grupo de anúncios ou separadas. Caso estejam separadas, é possível, através de palavras negativas, impedir que +carrinho +de +bebê seja ativada, quando a “carrinho de bebê” estiver qualificada para aparecer. O mesmo se aplica para [carrinho de bebê], em relação aos demais tipos de correspondência.

Exemplo 3:

[carrinho de bebê] [carrinho bebê] [carrinhos de bebê] [bebê carrinho] [carro de bebê]

Esse caso, o Exemplo 3, é que as coisas podem complicar um pouco. O tipo de correspondência Exata em uma mesma busca, como carrinho para bebê, pode ativar qualquer uma das 5 palavras-chave desse exemplo. Então, as 5 palavras estão duplicadas!

As palavras chave, com o tipo de correspondência Exata, bem como Ampla ou Ampla Modificada, podem ser exibidas para pequenas variações, conhecidas como Variantes Aproximadas. Essas variações serão tratadas mais a frente.

Isso significa que, se tratando de palavras-chave exatas, não é necessário as 5 diferentes do exemplo ativas. Basta manter apenas a com os melhores resultados e pausar as demais.

Exemplo 4

“ônibus rj sp”
“ônibus sp rj”

Por fim, o Exemplo 4 mostra um erro comum ao buscar palavras chave duplicadas. Quando a correspondência de frase é usada, ela leva em consideração a ordem com que as palavras aparecem no texto, sem haver iterações, além das palavras funcionais, como conectivos.

Isso é importante de ser considerado, pois você tem que saber a ordem com que as pessoas escrevem as palavras chave na busca para usar esse tipo de correspondência.

Então, diferentemente do que foi visto no Exemplo 3, com tipo de correspondência Exata, as palavras do Exemplo 4 não estão duplicadas.

::VARIANTES APROXIMADAS DE PALAVRA CHAVE (CLOSE VARIANTS KEYWORDS)::

Em resumo, você não precisa adicionar cada pequena variação como palavra chave na sua conta de anúncios, pois o Google já faz esse trabalho para você.

Variações como acentuação, erros de ortografia, plural e singular, entre outros aspectos já são contemplados como variações aproximadas da palavra chave, assim o AdWords as ativam, eliminando a necessidade de inserir novas palavras para cada variação.

Essas variações podem ser:

  • Erros de ortografia;
  • Formas no singular ou plural;
  • Termos derivados (por exemplo: otimizar e otimização);
  • Abreviaturas;
  • Acentuação;
  • *Palavras reordenadas (por exemplo: [tênis masculino] e [masculino tênis];
  • *Adição e remoção de palavras funcionais, como preposições, conjunções, artigos e outras palavras que não impactam na intenção de pesquisa. Por exemplo: [viagem para o Rio] é uma close variant de [viagem Rio] com as palavras funcionais “para o” removida.;

*Se aplicam somente para Tipo de Correspondência Exata, Ampla Modificada e Ampla.

::IDENTIFICANDO E ELIMINANDO AS PALAVRAS CHAVE DUPLICADAS::

Após ter compreendido como seriam as palavras chave duplicadas, é importante identificar cada uma e pausar a de pior resultado.

No entanto, não basta escolher a palavra com melhor CPA, CTR, CPC ou ROAS, pois uma que tenha o melhor CPA, por exemplo, pode ter um baixo volume de conversões. Nesse caso, pausar a “melhor” pode reduzir muito as conversões gerais da campanha.

Dessa forma, é necessário levar em consideração, além dos já citados, vários indicadores em conjunto, como volume de cliques, volume de receita, posição média, índice de qualidade, entre outros.

Só assim você vai conseguir decidir quais palavras, entre as duplicadas, que deverão ser pausadas.

::EXEMPLO DE CONJUNTO DE PALAVRAS DUPLICADAS::

Selecionamos um exemplo real que identificamos de palavras-chave duplicadas. São 7 palavras com tipo de correspondência Exata distribuídas em 2 Grupos de Anúncios de uma mesma campanha.

 

*O texto das palavras foi modificado por sigilo.

Nesse exemplo, a keyword [malas de camping] foi a melhor historicamente em relação à ROAS, Receita, Custo por Aquisição (CPA), Cliques e Taxa de Cliques (CTR). Portanto, foi a única entre as 7 mantida ativa.

Uma mudança como apresentada no exemplo, pode garantir uma melhora substancial nas métricas de performance e no volume de acessos ao site, além de uma grande economia com palavras chave ruins, pois você garante que o tráfego passe a ter origem nas suas melhores palavras-chave.

::CONCLUSÃO::

Tão importante quanto identificar casos de palavras-chave duplicadas, é saber pausar as palavras-chave corretas para melhorar (ou manter) os resultados.

Por isso, analise sua conta e leve em consideração múltiplos critérios, tanto de performance, quanto de volume, para sua tomada de decisão.

Como em contas muito grandes, podem existir centenas de casos como esse, o Pareto Quantic, robô de automação de Google AdWords da Pareto Group, possui uma funcionalidade que faz análises diárias para identificar e pausar qualquer palavra-chave duplicada presente nas contas de anúncios.

Caso queira conhecer, entre em contato e solicite uma avaliação grátis da sua conta.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Bitnami