Marketing

20 Indicadores de Marketing Digital que Você Precisa Conhecer

By junho 18, 2019 No Comments
Tempo de leitura: 5 minutos

Introdução

Os indicadores são ferramentas importantíssimas para qualquer estratégia de marketing digital e são indispensáveis. Isso porque eles te permitem conhecer a fundo como suas campanhas estão performando e fornecem dados valiosos sobre o seu negócio e público, além de proporcionarem uma base sólida para otimizações.

E existem inúmeros indicadores, cada um voltado a um aspecto diferente de estratégias diversas. No artigo a seguir, você vai conhecer 20 deles em detalhes e entender como cada um funciona. Vamos lá?

Indicadores para análise de Website


Entre os principais indicadores de marketing digital, estão aqueles direcionados a análise de websites, também conhecidos como indicadores de tráfego. Eles fornecem uma visão completa sobre tudo o que acontece em um site, landing page, e-commerce ou qualquer outra página na web, te ajudando a entender como suas estratégias estão se saindo e o que pode ser feito para melhorá-las.

Confira 5 dos mais importantes deles e como funcionam:

Sessões no Site

Presente no Google Analytics, o indicador de sessões no site se refere a um conjunto de ações que os usuários realizam no seu website em um determinado período de tempo. Basicamente, é o número de acessos que o seu site recebe.

Usuários Únicos

Já o indicador de usuários únicos te mostra quantos visitantes foram responsáveis pelas sessões ou acessos no site. Isso porque uma mesma pessoa pode realizar várias sessões e saber quantos usuários únicos chegaram ao seu site é importante para que você consiga acompanhar uma série de métricas, como, por exemplo, o alcance do seu conteúdo.

Duração Média da Sessão

O indicador de duração média da sessão aponta justamente quando dura, em média, cada sessão no seu website. Ou seja, é quanto tempo cada visitante gasta navegando por ele.

Taxa de rejeição

Também conhecida como bounce rate, a taxa de rejeição aponta o percentual de sessões de uma única página. Isto é, os visitantes que iniciaram uma sessão entrando em uma página do seu site, mas que por algum motivo não interagiram e saíram dele.

Páginas por Sessão

Já o indicador de páginas por sessão te mostra quantas páginas, em média, são visitadas em cada sessão. O que te permite entender, por exemplo, se o seu site está conseguindo manter os usuários engajados.

Indicadores para Anúncios (Facebook Ads e Google Ads)

Agora vamos aos 5 principais indicadores para avaliação de desempenho de anúncios em plataformas como o Facebook Ads e Google Ads. Continue acompanhando!

Cliques

O clique é o indicador mais básico de qualquer campanha, pois ele te mostra quantas pessoas clicaram no seu anúncio.

Impressões

O indicador de impressões nos mostra, basicamente, quantas vezes o seu anúncio foi exibido. Uma impressão é contabilizada sempre que o anúncio é mostrado, independentemente se alguém clicou nele ou não.

CTR (Taxa de Cliques)

Já a taxa de cliques (CTR) indica a proporção entre os cliques no seu anúncio e o número de vezes que ele foi visto. Ou seja, é a divisão do número de cliques pelo de impressões. Em um anúncio com 5 cliques e 100 impressões, por exemplo, teremos um CTR de 5%.

CPC (Custo por Clique)

O CPC, Custo por Clique, é quanto você paga por cada clique que o seu anúncio recebe. No Google Ads e em outras plataformas, você pode definir um valor máximo de CPC. Porém, na maioria das vezes paga um valor inferior, conhecido como CPC real, calculado sobre vários critérios.

CPM (Custo por Mil Impressões)

O CPM, ou Custo por Mil Impressões, é uma alternativa de cobrança ao CPC. Com ele, ao invés de pagar por cliques, você paga sempre que o seu anúncio for exibido mil vezes. O que pode ser interessante a depender da sua estratégia.

Indicadores de conversão

Converter é praticamente palavra de ordem no marketing digital. Porém, não basta criar estratégias de conversão. Você precisa acompanhá-las e analisá-las para verificar os resultados e descobrir o que precisa mudar para uma melhor otimização.

Para isso, você pode utilizar esses cinco ótimos indicadores:

Leads

Um lead é, basicamente, qualquer consumidor que tenha demonstrado interesse nos produtos e/ou serviços que você oferece, seja assinando a sua newsletter ou baixando um ebook em troca dos seus dados de contato. Assim, esse indicador aponta a quantidade de leads que o seu negócio possui.

SQL (Sales Qualified Leads)

Nenhum lead é um cliente garantido. Ele só será um cliente depois de atravessar todo o funil de vendas até o estágio final: o de compra. A leads nesse estágio dá-se o nome de Sales Qualified Lead (SQL), ou seja, lead qualificado para venda. E esse indicador aponta justamente quantos leads SQL o seu negócio possui.

Taxa de conversão

Converter significa transformar simples visitantes em leads. Ou seja, oferecer algo em troca dos seus dados de contato para que você possa continuar guiando-os pelo funil. A taxa de conversão indica, justamente, quantos clientes você consegue converter através das suas estratégias.

O Google Ads também possui um indicador de conversões. A taxa de conversão, nesse caso, indica o número médio de conversões por interação com o anúncio. Isto é, quantas pessoas que clicaram no seu anúncio realmente compram um produto ou assinaram a sua newsletter, por exemplo.

Custo por Conversão (CPA: Cost per Acquisition)

Já o Custo por Conversão (CPA), aponta, em média, quanto cada conversão custa ao seu negócio. Esse indicador está disponível no Google Ads, Facebook Ads e em outras plataformas.

Indicadores Importantes para E-commerces

Por fim, vamos conhecer 5 importantes indicadores para lojas virtuais, necessários em toda e qualquer estratégia de e-commerces para acompanhar as vendas e mensurar os resultados. Confira:

Receita

A receita de um e-commerce compreende tudo aquilo que o negócio fatura em um determinado período de tempo. Ou seja, é tudo aquilo que entra de dinheiro a partir da venda dos produtos. É importante não confundir com lucro, pois este se trata da receita menos as despesas.

Transações

O indicador de transações aponta o número de transações financeiras eletrônicas que o e-commerce realiza em um determinado período de tempo. Isto é, todas as vendas que são feitas independentemente do meio de pagamento utilizado pelo comprador.

ROAS

ROAS é um acrônimo para Return on Advertising Spend, em português, Retorno de gastos com anúncios. É como um ROI exclusivo para Ads. Assim, ele indica, basicamente, qual tem sido o retorno das estratégias de mídia paga utilizadas pelo e-commerce.

Ticket Médio

O ticket médio é quanto cada cliente gasta, em média, na loja virtual. Esse indicador é calculado dividindo o faturamento (receita) pelo número de vendas em um período de tempo. Se um e-commerce faz 800 vendas em um mês, faturando 100 mil, por exemplo, o ticket médio durante esse período será de R$ 125.

Customer Lifetime Value

Já o Customer Lifetime Value, em português “valor do tempo de vida do cliente”, é uma projeção de quanto em receita e lucros futuros um cliente pode gerar para o e-commerce durante toda a sua vida. O cálculo desse indicador é mais complexo, pois uma série de aspectos precisam ser levados em consideração. Entre eles, o valor e recorrência de compras.

Conclusão

Apesar de parecerem muitos, esses são apenas alguns dos muitos indicadores disponíveis no marketing digital para você acompanhar e analisar suas estratégias. Mas é importante saber que você não precisa de todos eles.

O ideal é que você escolha aqueles que melhor se encaixam no seu tipo de negócio, campanhas realizadas e estratégias utilizadas.

Confira estes outros artigos do nosso Blog que podem te interessar:
7 dicas da Pareto para Aumentar a Taxa de Conversão de E-commerce
Tudo que você precisa saber sobre seu público digital!
O que é Modelo de Atribuição?

Se quiser conhecer mais sobre o Trabalho da Pareto, acesse nosso site!

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Bitnami