Outros

Uma Introdução ao Teste A/B

By dezembro 28, 2018 No Comments
Tempo de leitura: 3 minutos

::OBJETIVO::

Este artigo tem o objetivo de apresentar a você o que é e como funciona um teste A/B. Neste artigo, apresentaremos uma introdução sobre o conceito deste teste. Em um outro artigo mais avançado, você poderá compreender a fundo o procedimento estatístico por trás do teste.

::COMO FUNCIONA::

É sempre bom aumentar a qualidade dos anúncios e elevar a eficiência da conta do Google Ads, não é mesmo?  Uma das formas de tornar sua conta mais eficiente e possibilitar a redução do CPC é selecionando os melhores anúncios possíveis para sua marca. Aqui na Pareto, nós temos uma forma de fazer isso baseada em dados estatísticos: o Teste A/B.

Esse procedimento é elaborado através de testes planejados e sequenciais. Mas, primeiro, vamos explicar o que seria esse teste. Quando criamos um anúncio para uma empresa, podemos querer testar se, acrescentando uma informação teríamos um resultado melhor. É importante ressaltar que esse teste deve ser baseado em hipóteses formuladas a partir do conhecimento e dos diferenciais da sua marca.

Para isso, o ideal é que você estabeleça um cronograma de testes que deseja realizar. Assim, as informações são testadas por partes. Vamos testar a eficiência do anúncio original (versão A) e da variação (versão B), fazendo uma mudança de cada vez. Ou seja, fazemos apenas um Teste, e não um Multiteste. Afinal de contas, não adianta nada testar muitas coisas ao mesmo tempo pois no final não saberemos qual das mudanças surtiu o efeito, não é mesmo?

Um teste estatístico deve ter um sentido racional, e não ser uma tentativa aleatória. Defina uma hipótese a partir do seu conhecimento do negócio. O ideal é encontrar algo que diferencie você dos seus concorrentes, de forma que isso permita melhorar a métrica que você escolheu como objetivo. Aqui na Pareto nós definimos a melhor métrica para focar, dependendo da etapa do funil da sua campanha e do volume de dados da sua conta. Se a sua empresa já passou da fase de aprendizagem, já terá acumulado muitas informações, então poderemos realizar um teste mais avançado.

Aqui na Pareto, desenvolvemos um modelo padrão para facilitar a criação da hipótese, basta preencher as lacunas:

SE meu anúncio variar ……………………………… LOGO eu espero otimizar meus resultados PORQUE ……………………………….

Veja um exemplo de variação de anúncio:

Quando os anúncios são publicados, existe uma frequência de impressões de 50% para cada uma das versões: a versão A e a versão B do anúncio. Os resultados serão monitorados até o final do período do teste. Quanto mais dados coletados, mais precisas serão as decisões. Depois de acumulados dados suficientes do anúncio original e da variação, é feita a comparação e, então, determinamos qual deles teve melhor desempenho.

O teste A/B pode ser criado com o auxílio da ferramenta do Google Ads que permite fazer experiências de anúncios. No final do teste, teremos uma confiança de 95% para afirmar qual foi o anúncio vencedor. E então, é feita a sugestão para pausar o anúncio “perdedor” a fim de manter apenas o “ganhador”.

Veja, a seguir, um exemplo de um resultado do teste A/B em uma campanha. Podemos ver um comparativo de cliques, CTR, Custo, Conversões e diversas outras métricas.

Com isso, estaremos economizando, já que um anúncio mais eficiente gera cliques mais qualificados, possibilitando uma maior taxa de conversão. Além disso, o índice de qualidade será melhor, permitindo que os lances das palavras-chave sejam reduzidos sem prejudicar o ranking de posição.

Após terminado um Teste A/B, podemos dar prosseguimento ao cronograma de testes, com o objetivo de melhorar ainda mais a qualidade do anúncio. Serão testadas novas informações sucessivamente. Esse ciclo virtuoso é fundamental para a otimização das campanhas.

Portanto, um Teste A/B é uma excelente oportunidade de economizar dinheiro e tornar suas campanhas de marketing digital ainda mais eficazes.

Se quiser saber mais sobre esse tema e se aprofundar nos conceitos estatísticos por trás do Teste A/B, acesse este outro artigo mais avançado em nosso Blog.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Bitnami